18 de outubro de 2007

Alimentos em cartaz

Cartazes há muitos, mas nem todos são iguais! Cada qual valoriza o produto à sua maneira, dependendo do alimento e do seu consumidor.

Uns optam por dizer que “faz bem” (corrente funcionalista),



...outros prometem prestígio, sucesso, bem-estar... (corrente estruturalista),



...e outros decidem conjugar as duas estratégias de marketing.

4 comentários:

Hugo Mendes disse...

eu penso ser um "estrutófuncinalista" ou um "funcióestruturalista", acho eu.
e vocês?

Joana Pereira disse...

Tá muito fixe priminha!!

Débora, Joselina, Luísa disse...

As nossas escolhas dependem do contexto e do alimento, não somos sempre influenciados pela mesma corrente e nem sempre usamos as duas em simultâneo.

Débora, Joselina, Luísa disse...

Obrigada Joana, ficamos à espera de novas visitas :)